Desenvolvimento Pessoal

Transtorno de Ansiedade Social: O que é e Como Tratar?

Transtorno de Ansiedade Social

Transtorno de ansiedade social é definido pelo medo extremo de interação com outras pessoas, bem como o medo do julgamento e de ser examinado em situações sociais.

A ansiedade social é o terceiro maior problema de cuidados de saúde mental, e leva a sentimentos de inadequação, inferioridade, humilhação e até mesmo depressão.

Milhões de pessoas sofrem com esta condição traumática e estima-se que 7% da população sofre com essa doença.

Sintomas da Ansiedade Social

Os sintomas vão além de timidez ou desconforto em certas situações.

Diferente do nervosismo do cotidiano, a ansiedade social inclui medo, ansiedade e sensação de evasão, interferindo no trabalho, escola e outras atividades.

Outros sintomas são:

  • Medo de situações onde pode ser julgado;
  • Preocupação com vergonha ou humilhação;
  • Ter medo de interagir e falar com estranhos;
  • Evita fazer coisas ou falar com pessoas por medo de constrangimento;
  • Voz tremula e suor em situações sociais;
  • Passar o tempo analisando seu desempenho e identificar falhas em suas interações.

Em crianças, a ansiedade social pode se manifestar em interações com adultos ou colegas, sendo mostradas por choros, sofrimentos ou se recusando a falar em situações sociais.

Outros sintomas do transtorno de ansiedade social incluem sintomas físicos, como: Batimentos cardíacos acelerados, náuseas, problemas com folego, tontura, diarreia e tensão muscular.

As experiências cotidianas se tornam especialmente difíceis.

Alguns exemplos são: Usar banheiro público, fazer contato direto, comer na frente de outros, participar de festas ou encontros sociais e até mesmo relacionamentos amorosos.

Os sintomas da ansiedade social podem mudar ao longo do tempo e eles podem acender se você estiver enfrentando muito estresse ou exigências.

Então, embora você se sinta melhor em um curto período de tempo, é provável que a sua ansiedade persista se não receber um tratamento.

Ansiedade social tem cura

Não há soluções rápidas para superar a ansiedade social.

Muito disso envolve lentamente quebrar cada medo individual e transformar os pensamentos negativos em pensamentos neutros para que você não esteja vendo eventos sociais como sendo esmagadoramente negativos.

Também é preciso muita bravura para superar a ansiedade social, o que implica que você precisa se comprometer antes de começar.

Se você se deixar voltar aos seus velhos hábitos, fica muito mais difícil lidar com esse problema.

Como tratar a ansiedade social?

Ansiedade Social tem cura

A boa notícia é que a terapia cognitivo-comportamental para a ansiedade social tem sido marcadamente bem sucedida.

Pesquisas e evidências clínicas indicam que a terapia cognitivo-comportamental, que deve ser abrangente, produz alterações permanentes na vida das pessoas.

transtorno de ansiedade social pode ser superado, embora tenha consistência e persistência.

Mas, exceto os problemas cognitivos (por exemplo, demência, doença de Alzheimer), todos podem progredir contra a ansiedade social usando um tipo apropriado de terapia cognitivo-comportamental.

Um programa de terapia bem-sucedido para transtorno de ansiedade social deve abordar as dezenas de métodos cognitivos, estratégias e conceitos que permitirão que os cérebros das pessoas (ou seja, suas associações cerebrais ou caminhos neurais) mudem literalmente.

O cérebro está continuamente aprendendo, e os pensamentos e crenças irracionais podem mudar como resultado deste processo cognitivo.

Um bom programa de terapia irá fornecer as estratégias necessárias e específicas, bem como indicar às pessoas como e por que elas precisam praticar, trabalhar e começar a aceitar pensamentos racionais, crenças, emoções e percepções.

Encontre ajuda para enfrentar o transtorno de ansiedade social

A ansiedade social, bem como os outros transtornos de ansiedade, pode ser tratada com sucesso.

Ao buscar apoio para este problema, procure um especialista – alguém que (a) entenda bem este problema e (b) tenha experiência sobre como tratá-lo.

Torne-se um cliente informado e faça perguntas.

Por exemplo, o terapeuta entende que você se sente muito consciente de si mesmo e que outros estão assistindo e formando uma avaliação negativa sobre você?

Ou eles minimizam o que você está dizendo e apenas dizem: “Não, não, não, você está bem … você está apenas exagerando …” ou espera que você vá e faça “exposições” não razoáveis?

É verdade que as pessoas que têm essa doença sentem como se outros as observassem e julgassem, mas muitas das vezes nossa mente é irracional e acabamos exageramos.

Nossa autoconsciência é um sentimento e é muito real.

Existem diversas opções de terapias, por isso é importante pesquisas sobre todas elas.

Transtorno de Ansiedade Social: O que é e Como Tratar?
5 (100%) 1 vote
Você também vai gostar
Chá para ansiedade
7 Dicas de Chá para Ansiedade e Nervosismo
Como controlar a ansiedade na gravidez
Aprenda Como Controlar a Ansiedade na Gravidez